COMPORTAMENTO

Ex-morador da Casa Rais se torna missionário e vai para alguns países da Europa
De acordo com o missionário, a Casa Rais ofereceu suporte para que pudesse encontrar um direcionamento em sua vida.

O missionário e ex-morador da Casa Rais de Itapetininga, Rogério Arlindo Seabra, foi selecionado pela Fazenda da Esperança para percorrer países da Europa para levar a palavra de Deus. Em visita a prefeita Simone Marquetto, o missionário contou sua experiência de vida. Ex-morador em situação de rua e dependente de drogas e álcool, o missionário contou que foi resgatado pela Casa Rais e recebeu apoio da comunidade católica da Fazenda da Esperança.

“Eu falei que queria mudar de vida, já falava com Deus, mas o vício prende a gente. Por isso, sempre adiava qualquer mudança”, explicou. Seabra afirmou que a Casa Rais foi fundamental para conhecer pessoas que o ajudaram a fazer travessia no encontro espiritual. “Eu encontrei pessoas boas neste caminho”, narrou. O atual missionário morou 4 meses na Casa Rais.

Na Fazenda da Esperança, ele fez tratamento de recuperação devido ao uso de drogas. Após um ano, se tornou missionário e terá sua primeira missão por Portugal e França em julho. “Fiz uma conversão para o caminho de Deus. Achava que não tinha solução na vida. Abri o coração para Deus e as coisas aconteceram. Foi o que ocorreu”, concluiu.

De acordo com o missionário, a Casa Rais ofereceu suporte para que pudesse encontrar um direcionamento em sua vida. Para a prefeitura municipal, são testemunhos como este que comprovam a importância do programa implantado na cidade. A unidade permite o resgate da cidadania das pessoas e inspiração para muitas pessoas possam se reerguer.

Fazenda da Esperança

Fazenda da Esperança possui diversos trabalhos sociais no Brasil e em outros 23 países e 147 unidades espalhadas pelo mundo. São integrados por os jovens interessados em fazer uma experiência missionária para conhecer as diversas possibilidades de missão que a comunidade oferece. O Projeto Espalhando Esperança busca ajudar para todas as pessoas que querem ser voluntárias a terem a oportunidade de concretizar o desejo de ajudar o próximo.

Segundo frei Hans, um dos fundadores do projeto, as pessoas que estão em recuperação na Fazenda da Esperança encontram um ambiente onde podem fazer uma nova escolha de vida. “Aqui podem aprender a amar. Eles vivem um ano juntos, a gente ensina, pratica o Evangelho, o amor, o perdão. Muitos conseguem perdoar aqueles que os fizeram mal e retomam a vida. Isso é importante para cada um, suas famílias e para a sociedade”, destacou Frei Hans no site de Notícias da Canção Nova.


Fale conosco ou participe do nosso grupo do WhatsApp

Assine nosso canal do Telegram




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



COMPORTAMENTO  |   30/04/2021 18h40

Itapetininga - SP
 

COMPORTAMENTO  |   22/02/2021 16h13

Itapetininga - SP
 

COMPORTAMENTO  |   15/02/2021 15h38

Itapetininga - SP