Transmissão ao Vivo

GERAL

Por diferentes gerações, famílias constroem suas trajetórias profissionais na Suzano
Unidade Florestal da empresa, no Estado de São Paulo, reúne em sua história gerações da mesma família

A Suzano, referência global na fabricação de bioprodutos desenvolvidos a partir do cultivo de eucalipto, destaca na semana em que é celebrado o Dia Internacional da Família (15) a trajetória de gerações de colaboradores(as) que contribuem com a história da companhia.

"Aqui na Suzano temos a diversidade e a inclusão como premissas para evoluir e ser uma empresa melhor a cada dia. Por isso, valorizamos também a atuação de diferentes gerações, pois acreditamos que cada pessoa é um mundo de possibilidades e um time mais diverso amplia a capacidade de compreender e responder as demandas do mercado e da sociedade", afirma a gerente de Gente e Gestão da Suzano, Rachel Velloso.

Um exemplo desse legado é a família Arantes. A tia-avó Celina, o avô Hidelbrando e o pai José Sebastião foram grandes inspirações para o supervisor de Operações Florestais Charlles Maciel Arantes ingressar na empresa.

Legado da família Arantes

Celina iniciou suas atividades na companhia como secretária. Quando soube de outras vagas disponíveis, avisou o irmão, Hildebrando, recém-chegado em São Paulo, que também foi contratado em 1989. A partir das histórias que ouviu do avô, nasceu a admiração de Charlles pela Suzano. "Meu avô, Hidelbrando, era um homem honesto e trabalhador, atuou na empresa fazendo manutenções. Ele já faleceu, mas deixou o exemplo e muitos ensinamentos para nossa família", diz.

José Sebastião, filho de Hidelbrando, é mais um homem em que Charlles se espelha. O pai é protagonista de memórias que o levaram a decidir pela carreira na área florestal. "Lembro dele trazendo mel para mim na casa do meu avô, quando eu era criança. Esse mel era fornecido por apicultores da região, que utilizam a área da Suzano para realizar sua atividade. Com o passar do tempo, meu interesse e curiosidade pela área florestal cresceram cada vez mais e me formei técnico florestal", relata ele.

Além disso, José Sebastião atuou por cinco anos na área de Pesquisa e Desenvolvimento da empresa e atualmente é colaborador na área de PCP (Planejamento e Controle de Produção).

Charlles seguiu os passos de seus familiares e, hoje, é supervisor de Operações Florestais na Suzano. Embora não estejam na mesma cidade, ele e o pai compartilham boas práticas do trabalho. "Me enche de orgulho compartilhar com ele nossas experiências, falar a mesma língua e atuar juntos num mesmo propósito. Isso me inspira muito", completa.


Fale conosco ou participe do nosso grupo do WhatsApp

Assine nosso canal do Telegram




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM