EDUCAÇÃO

Suzano promove curso de marcenaria para jovens
Iniciativa irá capacitar 24 adolescentes.

A Suzano, em conjunto com o Instituto Raízes do Fazer, promove o projeto “Jovens Marceneiros”, que oferece o Curso de Marcenaria, na cidade de Capão Bonito (SP). Através desta iniciativa, jovens de 14 a 18 anos, compartilham da experiência de vários profissionais com diversas formações, mais a expertise específica em técnicas de marcenaria e outras práticas no uso da madeira.
 
No total, foram disponibilizadas 24 vagas para jovens entre 14 a 18 anos, moradores de bairros com altos índices de vulnerabilidade social. O curso tem a duração de 10 meses e iniciou no dia 7 de novembro de 2020, com previsão de término para setembro de 2021.
 
O objetivo dos “Jovens Marceneiros” é ajudá-los a alcançar uma atividade profissional, apoiar no acesso ao mercado formal de trabalho, estimular o empreendedorismo e crescimento pessoal. “A proposta é capacitar esses jovens para o mercado de trabalho e estimular o empreendedorismo. O curso de marcenaria também pode colaborar nas demandas de profissionais das micros e pequenas empresas do município de Capão Bonito, em especial aquelas empresas que trabalham com movelaria, móveis planejados e carpintaria. A intenção é preparar a mão de obra para serem absorvidas por essas empresas locais”, ressalta Israel Batista Gabriel, coordenador de Desenvolvimento Social da Suzano.
 
As aulas ocorrem aos fins de semana, todos os sábados em período integral e na manhã dos domingos. A carga horária é de 395 horas, divididas em 300 horas de Técnicas de Marcenaria e 95 horas de Outras Habilidades, com foco na formação pessoal e social. Na prática da marcenaria, os alunos terão acesso a conteúdos, como: construção de móveis, caixas de abelhas para a apicultura, e ainda, a construção de painéis de eucalipto bruto.
 
A Suzano, além colaborar na implantação do projeto, oferece a madeira para ser utilizada nas aulas práticas. O espaço utilizado como oficina de marcenaria e sala de aula prática e teórica é o prédio da ASSIM (Associação de Madeireiros do Município de Capão Bonito). Também há atividades nos espaços da FATEC Capão Bonito (Faculdade de Tecnologia Capão Bonito), como as aulas nos laboratórios de informática. Todas as atividades são presenciais e vale destacar que todos os protocolos de biossegurança contra a Covid-19, como distanciamento social e o uso de EPIs (Equipamentos de Proteção Individuais) estão sendo cumpridos.
 
 
Instituto Raízes do Fazer
O Instituto Raízes do Fazer é entidade sem fins lucrativos, organizada por voluntários, que tem por missão apoiar organizações atuantes para cuidar e desenvolver crianças e jovens de comunidades com risco social. “Quando pensamos neste projeto dos Jovens Marceneiros, o objetivo, além de ensinar conhecimento técnico para promover a profissionalização e o empreendedorismo destes jovens, é, também, incentivar e promover o próprio jovem a acreditar no seu potencial, na sua capacidade de crescimento profissional, financeiro e, como ser humano”, destacou José Augusto Bonna, um dos fundadores do Instituto, idealizadores dos “Jovens Marceneiro” e professor voluntário do curso.



Fale conosco ou participe do nosso grupo do WhatsApp

Assine nosso canal do Telegram




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



EDUCAÇÃO  |   17/06/2021 15h19


EDUCAÇÃO  |   16/06/2021 16h34


EDUCAÇÃO  |   16/06/2021 16h13